Como garantir um excelente atendimento ao seu cliente?

Ligado . Publicado em Notícias

materia atendimento

Em qualquer negócio um bom atendimento é primordial, pois é o principal canal entre uma organização e seu cliente, mas ainda existem reclamações no atendimento de diversas companhias e esse número não para de crescer. Uma pesquisa da American Express monstrou que 60% dos consumidores já tiveram a intenção de fazer uma compra, mas desistiram por causa do mau atendimento.

O cliente quer atenção, ser tratado com respeito e quer soluções para sua vida, e não problemas. Por isso, fazer com que ele se sinta especial o deixa mais propício a realizar compras e fazer acordos e propostas. Fazê-lo se sentir especial, não é somente dar atenção e ser gentil, e sim estar disposto a entender o que ele precisa de verdade e estar disposto a encontrar a melhor solução.

O que é um bom atendimento?

A primeira palavra que vem à mente é “simpatia”, apesar de ser importante, é necessário ir além e capacitar o atendente para sair do básico. É importante que o vendedor enxergue o público não apenas como pessoas que irão realizar compras e trazer dinheiro para a empresa, e sim como indivíduos que precisam de soluções eficazes para seus problemas, que foi justamente o que fez com que eles buscassem pela empresa em questão. Todo cliente é especial, e se ele está dedicando tempo e dinheiro para a empresa, é importante garantir que ele tenha um atendimento excepcional.

Dicas e técnicas para um bom atendimento ao cliente

1º Conhecer bem o negócio: é importante conhecer muito bem a empresa e todos os seus produtos, além do perfil de consumidores. Quando o funcionário conhece plenamente o negócio e o produto/serviço oferecido, por exemplo, fica mais fácil de apresentá-lo para os clientes, sem utilizar textos decorados ou ações robóticas.

2º Apresente-se adequadamente: Antes de tudo, se apresente, fale seu nome e deixe claro que você está lá para ajuda-lo, e não para empurrar algo que ele nem sabe se quer comprar ainda. Em seguida, pergunte o nome dele e preste-se a escutar quais são as dúvidas que ele tem a respeito da empresa, produto ou serviço oferecido. Além de ser uma atitude educada e gentil, você terá a oportunidade de entender qual é a necessidade de seu cliente, podendo assim apresenta-lo a solução mais adequada.

3º Exponha possibilidades: dê sugestões, mas procure seguir o perfil e estilo do cliente. Caso o cliente se mostre inexperiente no assunto, mostre seu conhecimento e coloque-o a par das opções e possibilidades, mas seja gentil e em nenhum momento deboche dele. Coloque-se no lugar dele e seja sempre gentil e atencioso. Dessa maneira, ele terá confiança no seu atendimento e sentirá que está sendo orientado da melhor maneira possível.

4º Seja sincero: Procure sempre conversar de maneira sincera, e caso você não saiba de alguma coisa, diga que não sabe e que vai procurar as informações para responder adequadamente, mas em hipótese alguma deixe o cliente sozinho e sem respostas, seja pessoalmente ou por e-mail.

5º Cuide da pré e pós-venda: esclareça todas as especificações da aquisição, o oriente também sobre o pós-venda e mantenha um contato próximo ao seu cliente. Coloque-se à disposição para dúvidas futuras por e-mail e telefone e mostre que ele pode ter toda a confiança no produto que você está vendendo a ele. Saiba mais sobre a importancia da fase de pós-venda.

Seguindo estas dicas você estará mais preparado para oferecer um atendimento de qualidade, mantendo a confiança do cliente no serviço que você está oferecendo e garantindo que ele faça futuras novas aquisições e indique a empresa para seus conhecidos.

Conheça também nossas dicas para ampliar as suas vendas.

Dicas de economia: Corte custos na sua empresa

Ligado . Publicado em Notícias

767

Para conquistar um espaço neste mercado altamente competitivo é importante cortar custos a ampliar a produtividade e lucratividade. Confira algumas dicas para as pequenas empresas:

1 – Mantenha a informação acessível: Quanto menor o tempo gasto por seus funcionários para procurar uma informação, maior o tempo dele para fazer outras tarefas e melhorar a produtividade. Tempo é dinheiro! Busque automatizar o seu negócio.

2 – Terceirizar: A empresa possui uma competência essencial que é o real negócio dela e tudo aquilo que estiver fora deste parâmetro talvez seja interessante estudar a terceirização com objetivo de reduzir trabalhos desnecessários que não são o foco do negócio.

3 – Mantenha a folha de pagamentos mais enxuta: Em alguns casos, pagar hora extra ou trabalhar um pouco mais seja melhor, pois o custo fixo de um novo colaborador é muito alto.

4 – Estude comprar equipamentos de segunda mão: É possível encontrar muitas tecnologias e capital produtivo em ótimo estado por ótimos preços. Talvez um seminovo que custa até 70% do valor pode suprir sua necessidade da mesma forma.

5 – Busque por prazos melhores: Prazos são importantes em seu negócio. Se seus clientes te pagam com 30 dias, não aceite menos do que isto dos seus fornecedores.

6 – Cobre juros: Vai financiar sua mercadoria aos clientes? Então não faça isto de graça. Seu dinheiro não pode ficar em sua organização sem conseguir gerar receita.

7 – Faça cotações: Quando precisar adquirir algo para sua empresa, faça cotações, por menor que seja a diferença, no longo prazo ela significará dinheiro.

8 – A Web pode ajudá-lo: Existe uma gama de produtos a baixo custo ou mesmo gratuitos para sua empresa na web, isto possibilita uma grande economia na compra. Além de ajudar na divulgação de sua empresa.

Esperamos que faça bom proveito das dicas!

Fonte: http://www.sobreadministracao.com/

Estatísticas NFC-e: Mais de 4 bilhões de notas emitidas!

Ligado . Publicado em Notícias

empresario-sorrindo-750x320

De acordo com as estatísticas divulgadas pela Secretaria da Fazenda (SEFAZ), mais de 4 bilhões de notas fiscais do consumidor (NFC-e) foram autorizadas até Novembro de 2016. Com cerca de 245 mil emissores, a emissão do documento vem crescendo mês a mês com a adesão de novos contribuintes e aumento no volume de emissão pelos contribuintes já cadastrados.

O último estado a aderir ao projeto foi o Mato Grosso do Sul, que já conta com quase 800 mil notas e cerca de 400 contribuintes. Já o estado que emite mais notas continua sendo o Paraná, com quase 950 milhões de notas emitidas desde a sua adesão no final de 2014, e já conta com  mais de 73 mil contribuintes.

Além do Paraná, e Mato Grosso do Sul, outras 20 unidades federativas aderiram ao projeto. São elas:

Acre, Amazonas, Bahia, Distrito Federal, Maranhão, Mato Grosso, Pará, Paraíba, Piauí, Rio de Janeiro, Rondônia, Roraima, Rio Grande do Norte, Sergipe e São Paulo.

Alguns estados têm criado programas de incentivo aos consumidores e contribuintes para aumentar a adesão ao projeto, é o caso do Nota Paraná que incentiva os consumidores a solicitarem o documento nos estabelecimentos para que além de receberem uma parte do imposto pago de volta, ainda podem concorrer a prêmios em dinheiro todos os meses. O valor dos prêmios pode ainda ser convertido no pagamento de taxas como IPVA.

A estimativa é que o projeto continue ganhando adesão de outros estados e que até 2018 todos os contribuintes habilitados já estejam transmitindo o documento via webservices.

Fonte: http://tsdn.tecnospeed.com.br

Mudanças entram em vigor a partir de 1º de janeiro de 2017

Ligado . Publicado em Notícias

001

A Secretaria de Estado da Fazenda alerta os contribuintes que, a partir de 1º de janeiro de 2017, os emissores gratuitos da NF-e e do CT-e serão descontinuados e novas versões não serão desenvolvidas.

A Fazenda explica que não será mais possível fazer download do aplicativo, mas os usuários que tiverem o sistema instalado em seus computadores poderão continuar utilizando-o até que novas atualizações das regras de validação da NF-e e do CT-e impeçam o funcionamento.

A recomendação é de que os usuários busquem outras soluções disponíveis no mercado. Mudar o seu serviço de emissão de NF-e e CT-e pode ser muito mais significativo, é uma ótima oportunidade de trazer qualidade ao seu negócio por meio da otimização dos processos internos.

É importante destacar ainda que o emissor do Manifesto Eletrônico de Documentos Fiscais (MDF-e) e o da Manifestação do Destinatário (MD-e) serão mantidos e atualizados pela Secretaria de Estado da Fazenda de São Paulo.

Certificação

logos  

 

 

Informativo

Cadastre-se para receber nossas notícias.

Relações Comerciais

Galeria Hilton Zorteia, n° 22 | São Gabriel da Palha
Ed. Green Center, 2º andar, Sala 201 - Centro
0800 888 2777

Download | Sistema para Suporte Online

attention 307030 960 720  Download | Atualização do Driver