Vem ai um novo documento fiscal eletrônico: CT-e OS

Ligado . Publicado em Notícias

cte-os

A cada ano mais documentos de papéis vem sendo substituídos pelos documentos eletrônicos, a fim de contribuir na redução de custos do contribuinte e ampliar a capacidade de controle dos órgãos fiscais.

Ao final de 2016 foi divulgada que a nova versão do CT-e (3.0) incluirá diversas novidades, e que uma delas é o CT-e modelo 57 e CT-e OS modelo 67.

Qual a mudança?

Este é um novo documento eletrônico do CT-e criado para substituir a Nota Fiscal de Serviço de Transporte (NFST modelo 7) utilizado para:

a) Transporte de cargas, inclusive por meio de dutos, será identificado como Conhecimento de Transporte Eletrônico CT-e modelo 57;

b) Prestações de serviços serão identificados como Conhecimento de Transporte Eletrônico para Outros Serviços - CT-e OS modelo 67 utilizado por:

  • Agência de viagem ou por transportador, sempre que executar, em veículo próprio ou afretado, serviço de transporte intermunicipal, interestadual ou internacional, de pessoas;
  • Transportador de valores para englobar, em relação a cada tomador de serviço, as prestações realizadas, desde que dentro do período de apuração do imposto;
  • Transportador de passageiro para englobar, no final do período de apuração do imposto, os documentos de excesso de bagagem emitidos durante o mês.

Quando se fala transporte de pessoas, é comum confundir com transporte de passageiros realizados por companhias de ônibus para transportes intermunicipais e interestaduais no qual os passageiros são sempre pessoas físicas e contratam o serviço apenas para uso próprio. Para esse tipo de operação, o documento utilizado é o BP (Bilhete de Passagem Rodoviário), que ainda é documento de papel, ou seja, este documento não será substituído pelo CT-e OS.

Um exemplo de aplicação do CT-e OS para transporte de pessoas seria uma empresa de turismo ser contratada por uma empresa de outro ramo para realizar uma viagem com todos os funcionários. A empresa de turismo deve emitir a CT-e OS, identificando a empresa de outro ramo como tomador do serviço.

Quando passará a ser obrigatório?

A partir de 02 de Outubro de 2017 será obrigatória à emissão destes novos documentos fiscais, portanto as empresas que fazem uso da NFST modelo 7 deverão se adequar a esta nova exigência e buscar por um software emissor de CT-e que contemple a nova versão.

Quais os benefícios para o seu negócio?

Podemos destacar inúmeros benefícios que o novo documento eletrônico trará, dentre eles:

  • Redução de custos de armazenagem de documentos fiscais, pois agora será tudo tratado de forma eletrônica, ou seja, virtual.
  • Redução de tempo de parada em postos fiscais de fronteira.
  • Facilidade de envio dos documentos ao contador, o que contribuirá para uma melhor conferência antes de envia-las ao fisco.
  • Maior reconhecimento, pois sua validade jurídica é assegurada pelo uso do certificado digital.

A Atual Sistemas tem a solução para o seu negócio!

Vale lembrar que a Atual Sistemas é parceira da sua empresa para a emissão desse documento fiscal de forma a agilizar e facilitar seus processos.

Você recebe um treinamento sobre a utilização do sistema, sobre processo de emissão do documento entre outras informações relacionadas, além de contar com suporte técnico por telefone ou presencial totalmente gratuito.

Entre em contato com um de nossos consultores e saiba mais 0800 888 2777.

Sua empresa é uma Prestadora de Serviços? Prepare-se, vem aí a NFS-e Nacional!

Ligado . Publicado em Notícias

Administration

Ao final do ano passado foi anunciado um novo projeto com relação à NFS-e e desde então vem sendo aguardo com ansiedade e boas expectativas. O projeto visa instituir uma nova Nota Fiscal de Serviços Eletrônica (NFS-e) padronizada em todo o território brasileiro. Está previsto que a implementação ocorra ainda este ano, em dezembro de 2017.

As primeiras cidades a receber o projeto piloto já foram escolhidas, e segundo informações no site do SPED, serão as secretarias de finanças de Belo Horizonte, Natal, Manaus, Porto Alegre, Recife, Rio de Janeiro, São Paulo e Salvador. Além destas participam também como membros dos projetos as secretarias estaduais da Fazenda, a Associação Brasileira das Secretarias de Finanças das Capitais (Abrasf), a Confederação Nacional de Municípios (CNM) e a Receita Federal.

A expectativa em boa parte se justifica pelo sucesso da Nota Fiscal Eletrônica (NF-e), que é emitida em operações de compra e venda de produtos, que hoje de posse da chave de acesso disponível no Danfe, o comprador pode confirmar a autenticidade da nota fiscal no portal nacional.

A ideia é que o mesmo ocorra com a NFS-e Nacional, ter um layout padrão, completo e ao mesmo tempo seguro, que vise à autenticidade da nota. Tal qual na NF-e, o processo deveria racionalizar e padronizar as obrigações tributárias, possibilitando reduzir custos para os contribuintes e a troca de informações entre os Fiscos.

Será necessário o uso de Certificado Digital?

Atualmente, muitos municípios que disponibilizam sistemas de emissão da NFS-e dispensam o uso de certificado digital para a transmissão do documento fiscal. Isso torna a nota mais acessível a todas as empresas, mas por outro, limita aspectos importantes para a eficácia do modelo eletrônico como, por exemplo, da autenticidade da NFS-e e da segurança de todo o processo. Não é por acaso que o certificado digital é exigido quanto a nota em questão é a NF-e.

Como a dificuldade em atestar a autenticidade é justamente uma das queixas de usuários da NFS-e, é provável que a certificação seja exigida dos contribuintes após aderir o novo projeto.

Se a sua empresa atua como prestadora de serviços e ainda não tem um certificado digital, vale desde já se informar não apenas sobre valores e condições de aquisição, como também quanto a suas vantagens. Um certificado não é útil somente para garantir a validade jurídica de uma nota fiscal. Ele é um arquivo eletrônico vantajoso em diversas situações ao empreendedor, como na assinatura de documentos importantes.

Atual Sistemas emite NFS-e

Estaremos aguardando com uma visão positiva o desenvolvimento do projeto da NFS-e Nacional, mas vale lembrar que a Atual Sistemas é parceira da sua empresa para a emissão desse documento fiscal de forma a agilizar e facilitar seus processos, nosso sistema é seguro e trabalha de forma sincronizada com a solução disponibilizada pela prefeitura.

Entre em contato com a nossa equipe e saiba mais sobre nossas soluções e nosso certificado digital.

Alterações importantes na Substituição Tributária

Ligado . Publicado em Notícias

0000111

O Governo do estado do Espirito Santo através do Decreto Nº 4084-R de 28 de Março de 2017 institui novas regras de substituição tributária para empresas que comercializam os produtos: lâmpadas de LED, farinha de trigo, misturas e preparações para bolos e pães. (Art. 1.209 e 1.210)

Estas empresas deveram realizar um levantamento destes produtos em seu estoque para recolhimento da substituição tributária com pagamento em até quatro parcelas, sendo que a primeira deverá ser paga no dia 09/04/2017. Deve-se manter a relação dos estoques apurados, com os demonstrativos de cálculos, à disposição do Fisco, pelo período decadencial.

Para empresas que comercializam perfumes e cosméticos, a partir de 01/04/2017 deveram sair da tributação reduzida de 17% e passar estes produtos para tributação integral de 25%. (Art. 5º)

Para mais informações entre em contato com a nossa equipe ou com seu contador.

Segue decreto da integra: https://www.legisweb.com.br/legislacao/?id=341250

Aumente sua renda - Dicas para ganhar dinheiro na Páscoa!

Ligado . Publicado em Notícias

easter-treat-recipe-delicious-food-ideas-coconut-balls-fresh-strawberries

Páscoa, tempo de confraternizar com familiares e amigos, além de presentear pessoas especiais. Mas, para algumas pessoas a Páscoa é tempo de aumentar renda familiar.

As datas comemorativas sem dúvidas são excelentes opções para quem pretende faturar, então se você deseja aumentar sua renda, pelo menos durante um período do ano, a páscoa pode ser uma ótima oportunidade.

Com criatividade e empenho é possível pensar em diversas alternativas e opções de atingir seu objetivo. Sua criatividade permite que você fuja do convencional, não apenas produzindo ovos de chocolate, mas inserindo outras opções.

A forma mais convencional de ampliar seu faturamento na Páscoa é por meio da venda dos ovos de chocolate. É importante que você ofereça aos clientes um produto diferenciado, com qualidade e preço competitivo, o que auxiliará para que sua venda aumente. Quando mais elaborada for sua opção de ovo de chocolate melhor, afinal as pessoas visam se surpreender.

Além disso, as pessoas buscam lembrancinhas para presentear pessoas especiais, sendo assim você poderá optar pela produção de trufas e bombons. Então, caso não pretenda fabricar ovos de páscoa, os bombons e as trufas são excelentes opções.

Se você possui habilidades manuais, poderá produzir ursos de pelúcia que sem dúvidas são uma boa opção, afinal várias pessoas adquirem para si ou mesmo para presentear alguém especial, outra sugestão é montar cestas de café da manhã uma forma de presentear encontrada pelas pessoas e que ocorre também em outras datas do ano.

Com o passar do tempo esta renda extra pode virar uma nova empresa!

Fonte: http://novidadesdetudo.com.br

Certificação

logos  

 

 

Informativo

Cadastre-se para receber nossas notícias.

Relações Comerciais

Rua Izídio Borgo, 43 | São Gabriel da Palha
Ed. Green Center, Sala 201 - Centro
0800 888 2777

Download | Sistema para Suporte Online